ACIDENTE COM VAN DE PACIENTES DEIXA HOMEM E CRIANÇA MORTOS E 15 FERIDOS EM RIO DAS OSTRAS

LogoMaterias_Joc1Na tarde da última quarta-feira, dia 3, um caminhão colidiu com uma van que transportava pacientes, resultando na morte de um homem e uma criança, além de deixar 15 pessoas feridas. O acidente aconteceu por volta das 17 horas na BR-101, na altura de Rio Dourado, em Casimiro de Abreu na divisa com Rio das Ostras.

A Autopista Fluminense, concessionária que administra a rodovia, informou que Elson Ribeiro, 46 anos, morreu no local, já Sara Vitória Roberto da Silva, de apenas 11 anos, morreu enquanto era levada ao hospital de Rio das Ostras. Os dois foram arremessados para fora do veículo com o impacto da batida.

Apesar da grande lentidão no local, por conta do acidente, a Autopista Fluminense informou que não foi preciso interditar a pista. Equipes estiveram no local até as 20h em atendimento às vítimas.

A concessionária informou que a van transportava 13 pessoas e o caminhão, outras três. Destas, sete vítimas foram resgatas em estado grave pelo atendimento da Autopista, duas delas em estado grave e encaminhadas ao Hospital Público de Macaé. Ainda outras oito pessoas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros. Os nomes e estado de saúde ainda não foram divulgados.

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana emitiu uma nota na noite desta quarta-feira informando que os pacientes eram da cidade e estavam sendo transportados em uma van do município. A Prefeitura lamentou o acidente e salientou que as causas do acidente estarão sendo apuradas.

A Prefeitura informou ainda que está fornecendo apoio às famílias das vítimas. “A administração municipal se solidariza com os parentes das vítimas neste momento de dor”, relatou na nota.

As vítimas com ferimentos mais leves foram encaminhadas para o Hospital de Rio das Ostras. Já os casos mais graves foram encaminhados para o Hospital de Macaé.

, , , , , , , , , , , , , ,

Sem comentários aqui.

Deixe uma resposta

Deixe sua opinião aqui. Seu e-mail será mantidos em sigilo.