HISTÓRIA DOS BAIRROS E PREFEITOS DE ARARUAMA

wellAraruama é uma cidade que possui uma extensa Área Urbana, e também, mais extensa ainda; uma Área Rural.
Parque Mataruna: é um bairro urbano de Araruama, é cortado pelo Rio de mesmo nome. O topônimo deriva do Tupi, e signifca: “Mata Negra”, “Mata Escura” ou “Rio de muitos peixes”.
Itatiquara: é um bairro urbano- perímetro urbano da cidade- Zona Rural. O topônimo, deriva do Tupi “Itaocara”, Itatiquara é a forma aportuguesada da Língua Tupi, e signifca: “Pedra Furada”. Tudo por causa do Mirante da Paz – grande forma-
ção geológica da era paleozóica. 
O Mirante possui 250m de altitude.

Buraco do Pau: é um bairro do perímetro urbano-zona rural da cidade. O Topônimo é interessante. No Séc.XIX, havia uma grande
quantidade de Pau Brasil nesse local. Quando os desmatadores começaram a desmatar a mesma, faziam “buracos”, “clareiras” na mata.
Daí falavam: “Buraco do Pau Brasil”. Daí fcou, Buraco do Pau. (Continua na próxima edição)


Prefeitos de Araruama
O primeiro prefeito de Araruama foi Plácido Vieira Marchon (foto). Ele governou a nossa cidade. Isso aconteceu em 1924, ainda na República Velha (1889 até 1930).
Plácido Vieira Marchon era um grande pesquisador da cultura araruamense.

O segundo prefeito de Araruama foi
Joaquim de Carvalho Vasconcellos. Joaquim de Carvalho Vasconcellos governou de 1925 a 1927. Foi o prefeito responsável pela construção da histórica Muralha da Praça São Sebastião. A Praça da Igreja Matriz. Desenvolveu grandes projetos urbanísticos para o nosso município.

O terceiro prefeito de Araruama, foi 
Luiz Maria Lamas Rabello. Ele governou a cidade de 1928 a 1929. Foi o prefeito responsável pelo projeto de urbanização da cidade. Foi o responsável por construir ruas e avenidas sempre largas e espaçosas.
A primeira prefeitura de Araruama foi construída pelo Barão de Monte Belo (Grande Latifundiário e primeiro presidente da câmara de araruama. Era, onde é hoje, a Casa de Cultura.

Esse prédio é datado de 1871. Foi prefeitura, câmara de vereadores e fórum. No século XIX, quem “administrava” o município eram os grandes fazendeiros. Araruama possui muitas fontes históricas sobre isso. Fazendas imponentes como: Figueira, Aurora, Parati, Monte Belo, retrataram o poder político e econômico dos fazendeiros da época.
Essas Fazendas Produziam Café, Cana de Açúcar, e também existiam Fazendas Escravistas, onde havia Tráfico de Escravos (Negros Africanos), até a Abolição da Escravatura em 13 de maio de 1888.

Por curiosidade, uma dessas Fazendas era a Fazenda Aurora, onde hoje é o Museu Arqueológico de Araruama. O prédio, onde hoje é o Museu Arqueológico de Araruama, possui datação de 1862. É uma Prédio de Arquitetura Neoclássica do Séc.XIX. (Continua na próxima edição)

118

Sem comentários aqui.

Deixe uma resposta

Deixe sua opinião aqui. Seu e-mail será mantidos em sigilo.