PREFEITURA DE ARRAIAL DO CABO REALIZA DIAGNÓSTICO AMBIENTAL NA USINA DE TRIAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS

1483706043A Prefeitura de Arraial do Cabo, por meio da FMMAPCT- Fundação Municipal de Meio Ambiente, Pesquisa, Ciência e Tecnologia em parceria com a SEMA – Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou na última quinta-feira (05) uma vistoria para diagnóstico ambiental da situação crítica em que se encontra a Usina de Triagem de Resíduos Sólidos, a área do antigo lixão e a área da Rebeche.

Atualmente a área está sendo usada para transbordo temporário do lixo urbano. A ação tem como justificativa encontrar soluções para as questões ambientais oriundas de resíduos urbanos que foram acumulados em vias públicas e em zonas de amortecimentos de áreas protegidas nos últimos meses da gestão do governo de anterior, que realizaram o despejo sem controle e sem as devidas providências cabíveis.

A situação se agrava com a negativa do Aterro Sanitário Dois Arcos, localizado no município de São Pedro da Aldeia, que foi constituído pelo Consórcio Intermunucipal Lagos-São João está paralisando as atividades de recepção do resíduo sólido do Município, em decorrência da falta de pagamentos dos serviços prestados a Prefeitura no Governo anterior.

Considerando que no atual momento de veraneio e o aumento populacional, o Município está preocupado com os riscos de saúde pública, o que torna a ação da realização do diagnóstico de extrema importância para regularização da saúde e qualidade ambiental do em Arraial do Cabo.

“Temos uma previsão de projeto futuro para biorremediação (técnica de descontaminação do solo) da área do antigo lixão, entre outras ações na usina de triagem, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente”, disse Leonízia de Melo, presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente..

Sem comentários aqui.

Deixe uma resposta

Deixe sua opinião aqui. Seu e-mail será mantidos em sigilo.